Em alta nos debates envolvendo computação, Big Data foi tema principal de evento da Ufal


25/06/2014 15h58 - Atualizado em 19/01/2021 às 15h37
context/imageCaption

Participantes do Simpósio

Surgido da necessidade de criar um espaço para debates sobre Big Data, o I Simpósio Alagoano de Big Data (Sibdata) levou um aprofundado conhecimento aos participantes sobre a tecnologia. O evento, organizado por professores e estudantes do Instituto de Computação da Universidade Federal de Alagoas (IC – Ufal), ocorreu nos dias 05 e 06, no bloco do instituto já citado.

O Simpósio é organizado pelos alunos do Curso de Ciências da Computação, com orientação do professor Rafael Amorim. “O tema foi escolhido por, além de estar alta, é de interesse não só de quem estuda Computação, mas também de áreas como Administração”, comenta o graduando e organizador do evento Leandro Botelho.

“Hoje em dia temos muitos dados principalmente com internet e redes sociais. Precisamos trabalhar esses dados e transformar isso em conhecimento e esse é o grande desafio. E quanto mais você tem um grande volume de dados, mais você vai ter que processar e extrair as informações valiosas e apresentá-las para o público”, explica o docente Amorim, ressaltando a importância de um espaço para debater a temática proposta.

Big Data é um termo popular usado para descrever o crescimento, a disponibilidade e o uso exponencial de informações estruturadas e não estruturadas. Ele pode servir como base para a inovação, diferenciação e crescimento. Segundo o Internet Data Center (IDC), é imperativo que os líderes das organizações de Tecnologia de Informação (TI) se concentrem no crescente volume, variedade e velocidade de informações que constituem a nova tecnologia.

O I Sibdata trouxe palestras, seminários e minicursos, dentro de uma programação que se estendeu ao longo do dia e emitiu certificados. Devido a grande procura, as inscrições foram encerradas dias antes do evento. Organizadores já falam em segunda edição.